A utilização dos recursos do programa nacional para fortalecimento da agricultura familiar no município de Mogi das Cruzes

Autores

  • Marcia Siqueira Magella FATEC- Faculdade de tecnologia de Mogi das Cruzes
  • Walter Eclache da Silva FATEC- Faculdade de tecnologia de Mogi das Cruzes

DOI:

https://doi.org/10.22567/rep.v8i2.555

Palavras-chave:

PRONAF, agricultura familiar, políticas públicas, crédito agrícola

Resumo

O presente estudo visa esclarecer o que é o PRONAF, quem são os possíveis beneficiários do programa, quem são os agentes financeiros e se os valores liberados estão sendo utilizados no incremento da produção, cumprindo assim a finalidade sócio econômica do programa. Para tanto foi realizada revisão bibliográfica na literatura pertinente; pesquisas em sites de órgãos governamentais; entrevistas com os produtores do município e entrevistas com agentes financeiros. Esta pesquisa é relevante, uma vez que a cidade de Mogi das Cruzes possui grande potencial agrícola, destacando-se no cenário nacional na produção de hortaliças, sendo que, grande parte dos produtores da cidade utilizam-se da mão de obra familiar. Foram pesquisados 75 produtores, de várias regiões da cidade. Constatou-se que os recursos foram utilizados no incremento da produção e geração de renda, porém ainda existem lacunas a serem preenchidas para que se alcance os reais objetivos dessa política pública, essas lacunas podem ser traduzidas como por exemplo, em melhor acompanhamento na utilização do crédito e maior engajamento por parte dos agentes financeiros.

Biografia do Autor

Marcia Siqueira Magella, FATEC- Faculdade de tecnologia de Mogi das Cruzes

Graduada em Agronegócio. Faculdade de Mogi das Cruzes.

Walter Eclache da Silva, FATEC- Faculdade de tecnologia de Mogi das Cruzes

Professor Mestre da Faculdade de Tecnologia de Mogi das Cruzes.

Downloads

Publicado

2019-07-30

Como Citar

Magella, M. S., & da Silva, W. E. (2019). A utilização dos recursos do programa nacional para fortalecimento da agricultura familiar no município de Mogi das Cruzes. REVISTA ENIAC PESQUISA, 8(2), 238–253. https://doi.org/10.22567/rep.v8i2.555

Edição

Seção

Artigos