Simão Mathias: o imã que tudo anima Embaixador da Paz: representante brasileiro no Movimento Pugwash

Daniel de Oliveira

Resumo


Simão Mathias não foi apenas um grande representante da ciência brasileira. Sem a menor dúvida Mathias é parte de uma geração de brasileiros de destaque nos campos científicos do século XX, exatamente um século de profundas e rapidíssimas transformações no mundo científico. Mathias é parte de uma geração que além de grandes compromissos com a própria ciência, preocupou-se com o alcance social, que os avanços da ciência, e em particular os desdobramentos da físico-química, estavam representando para a vida no planeta. Cientista mas, primeiramente, cidadão.

          Para melhor conhecermos esta outra faceta de Simão Mathias, vamos estudar o que foi o Movimento Pugwash que teve no professor seu representante brasileiro.


Palavras-chave


Educação ciências História

Texto completo:

PDF

Referências


Rotblat, J. Scientists in the quest for peace. A history of the Pugwash conferences. Cambridge, MA; London: The MIT Press, 1972.

J. Rotblat. "The Fourth Pugwash Quinquenium, 1972-1977." Suplemento da Pugwash newsletter (mai. 1977).

Pugwash newsletter 15, nº 1 e 2 (jul. e out. 1977).

Reis, J. “Pugwash condena a bomba de nêu¬trons, Folha de S. Paulo, 29 de janeiro e 5 de fevereiro de 1978.

S. Mathias, Simão Mathias, depoimento, in N.V. Xavier, R.G. Pinto e S. Schwartzm, org, 1977

Colombini, L., org. O Ímã que tudo anima – Homenagem a Simão Mathias. São Paulo: Nova Stella Editorial; Fapesp, 1988.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.