A era dos talentos: competências como foco das reflexões em Recursos Humanos.

Valéria Guedes Caruso

Resumo


Nos últimos vinte anos, ocorreram diversas transformações no mercado de trabalho, no que tange os recursos humanos. As pessoas da organização passam a ser o foco, o ativo mais valioso das empresas. Se bem preparadas e vistas em sua integralidade, são capazes de produzir resultados altamente lucrativos. Trabalhar as habilidades das pessoas exige foco nas competências das quais a organização necessita, que convergem para seus valores e sua cultura e, ao mesmo tempo, prepara profissionais habilitados para atuar em qualquer organização e/ou área da vida social ou mesmo, individual. A inteligência emocional, a liderança e o poder da comunicação formam a tríade das principais habilidades contidas no profissional desejado pelas empresas, atualmente. Essas aptidões possuem aspectos que norteiam as decisões dos profissionais da área de gestão, em especial a área de Recursos Humanos, na decisão de quem contratar, nos processos de atratividade e seleção afinal, alguém que comunica suas ideias com clareza e assertividade, que demonstra domínio sobre o racional e o emocional e que tem aptidão para liderar merece ser visto e considerado por suas competências. A decisão pelo profissional ideal, aquele que exercita os três elementos, aqui considerados essenciais, é o objeto deste estudo.


Palavras-chave


Inteligência emocional; Liderança; Comunicação.

Texto completo:

PDF

Referências


ADAMI, E. (Org.). Gestão de Talentos. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2014.

BERVIAN, P. A., CERVO, A. L., SILVA, R. de. Metodologia científica. 6. Ed. São Paulo : Prentice Hall, 2007.

CHIAVENATO, I. Comportamento Organizacional: A dinâmica do sucesso das organizações. 3º ed. Barueri- SP: Manole, 2014. 486 p.

GOLEMAN, D. Trabalhando com a Inteligência Emocional. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

GUIMARÃES, T. de C. et al. Empreendedorismo. 2ºed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2015.

MARINHO, C. Como atrair a atenção do mercado. Revista Você S/A, São Paulo, ed.243, 2018.

MENEGON, L. F. (Org.). Comportamento Organizacional. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012. 118 p.

ROBBINS, S. P. Comportamento Organizacional: tradução técnica Reynaldo Marcondes. 11. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005. 536 p.

ROBBINS, S. P. Fundamentos do comportamento organizacional. 8º ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

SCHWAB, K. A quarta revolução industrial. trad. Daniel M. Miranda – São Paulo : Edipro, 2016

Internet

WACHOWICZ, Marta Cristina. Conflito e Negociações nas empresas. 1ºed. Curitiba: Intersaberes, 2013. 142 p. Disponível em: . Acesso em: 13 out. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.